Buscar
  • Transmaas

ABTI solicita antecipação de vacinas para tripulantes

Atualizado: 24 de dez. de 2021


Após solicitação das entidades representativas do setor e considerando que o transporte rodoviário de cargas foi reconhecido como atividade essencial, não suspendendo sua função durante a pandemia, em dezembro os profissionais da área de transporte foram incluídos no grupo prioritário na campanha de vacinação do Ministério da Saúde contra a Covid-19.


Entretanto, mesmo considerados como prioritários, não foram vacinados.


Por isso, tendo em vista o alerta do Ministério da Saúde sobre a nova variante indiana do coronavírus, já detectada na Argentina, que é o principal aliado comercial do Brasil, e que devido ao grande fluxo de operações apresenta maior risco de contaminação e disseminação do vírus, a associação está solicitando aos órgãos competentes a antecipação da vacinação para os motoristas e agentes que atuam nos portos secos.


A inclusão do setor na campanha de vacinação contra a Covid-19 é uma medida fundamental para proteger a saúde e bem-estar dos motoristas, bem como garantir que as atividades do comércio exterior sejam mantidas e contribuam para a recuperação da economia do país.

Anteriormente estava sendo solicitado a quantidade de motoristas que realizavam o trânsito com a Argentina e Chile. Entretanto, agora está sendo solicitado um documento mais detalhado, será necessário o nome completo do motorista, CPF e razão social da empresa a qual está vinculado. Com esses dados será possível propor um pré-cadastro desses tripulantes já identificados.


Vale ressaltar que a inclusão no momento é somente para motorista, garantindo assim o abastecimento da sociedade com insumos essenciais e evitando a contaminação e disseminação da nova variante.


A TRANSMAAS acompanha de perto a conduta das tratativas frente a pandemia e esta atuante na busca do melhor caminho para o fluxo dos embarques e entraves na fronteira.

7 visualizações0 comentário